Garantir que o valor necessário para arcar com as despesas fixas e variáveis do mês seja menor do que a sua renda líquida.
Ou seja, a soma de todos os seus gastos mensais jamais poderá ser superior ao valor de todos os seus recebimentos (após os descontos).

Sendo assim, some todas as contas da casa: aluguel (se tiver), supermercado, energia elétrica, água, internet e telefone.

Considere nesse cálculo, ainda, os custos com entretenimento, lazer e saúde, como a mensalidade da academia, saídas para restaurantes, cinemas, shows e todas as outras despesas que você possa ter.

Além disso, considere nesse cálculo os custos com entretenimento e saúde, como a mensalidade da academia, por exemplo.

Entenda de uma vez por todas: saber exatamente para onde vai cada centavo do seu dinheiro é fundamental para que você possa reduzir os gastos mensais.