Já pensou que o valor gasto com itens de consumo que não eram realmente necessários poderia ser utilizado para investir e ganhar mais dinheiro?

Não compre por impulso!

Pense na real utilidade de cada bem de consumo e avalie muito bem o custo-benefício antes de decidir por realizar uma compra qualquer.

Siga o raciocínio: ao economizar R$ 2.000 em 1 ano e investir esse valor em uma aplicação com taxa de juros de 1% ao mês – também no prazo de 1 ano -, ao invés de comprar um bem de consumo, você trocaria o gasto de R$ 2.000 por uma poupança de R$ 2.253,65.