“Tenho um financiamento. Posso fazer um consórcio?” Esta pergunta certamente já passou pela sua cabeça! Sim, o consórcio pode ser uma ótima alternativa para incrementar os seus investimentos ou ainda para quitar as contas em atraso e demais pendências financeiras já adquiridas. Vamos entender como e porquê!

Desde 2009, a legislação que regulamenta o setor de Consórcios (Lei nº 11.1795/2008) permite a utilização do crédito – seja por meio de sorteio ou por lance – para quitar o financiamento bancário. Para isso, a carta deve ser maior ou equivalente ao valor total financiado. Tanto o compromisso firmado com o banco quanto o com a administradora devem estar em seu nome. Mas fique atento: tudo isso deve estar previsto em contrato!

Ao utilizar o consórcio imobiliário para se livrar da dívida do financiamento, o consorciado economiza dinheiro com o abatimento dos juros pelo pagamento antecipado da dívida. Poupa também tempo, visto que o prazo máximo de um consórcio é de 16 anos. Ou seja, são só vantagens!

O consorciado pode ainda, mediante comprovação de renda, adquirir mais de uma carta de crédito, o que aumentam as chances de contemplação. Vale a pena ressaltar que o consórcio é uma modalidade de investimento segura, flexível e respaldada por uma legislação que tem como objetivo proteger o consorciado.  Agora que você já sabe disso, que tal contratar um consórcio e se livrar de uma vez por todas de um longo financiamento? Clique aqui e conheça as nossas opções!